option
Mi Daypo

Comunicação e Expressão - Exercícios Complementares

COMENTARIOS ESTADÍSTICAS RÉCORDS
REALIZAR TEST
Título del test:
Comunicação e Expressão - Exercícios Complementares

Descripción:
Acaba logo!

Autor:
ACO1-106
(Otros tests del mismo autor)

Fecha de Creación:
18/08/2021

Categoría:
Letras

Número preguntas: 153
Comparte el test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Comparte el test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Últimos Comentarios
No hay ningún comentario sobre este test.
Temario:
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Maria entrou na sala *em silêncio*.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Ele é um homem *de coragem*.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. *Ainda que* perdoe seus erros, não conseguiria confiar mais em suas palavras.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Ela tem um coração *de anjo*.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. *Com esforço*, conseguiu a aprovação.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Ele *tem cantado* todas as noites naquele palco.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. O menino escondeu-se *atrás do* automóvel.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Ele foi levado *às pressas* para a enfermaria.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. *À medida que* envelhecemos, tornamo-nos mais experientes.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Os professores *foram premiados* pelo diretor.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. A música animou o público *durante a festa*.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Moramos *em frente ao* lago dos cisnes.
Identifique as locuções destacadas nas frases a seguir. Uma moto estacionou *ao lado do meu carro*.
Associe a coluna da esquerda com a coluna da direita. O dia hoje está *de chuva*. *De repente* começou a chover *Antes que* você vá, quero falar com você. *Depois de* comer, descanse um pouco. Ele *está assistindo* a um filme.
Assinale as alternativas em que o pronome pessoal exerce a função de sujeito. *Eu* construí aquela casa. Mandei-*o* comprar flores. *Eles* entregaram o dinheiro a João. *Ela* é a proprietária. Convidei-*a* para passear.
Na sentença “Emprestou-lhe o dinheiro.”, o pronome oblíquo destacado exerce função sintática de: sujeito. complemento nominal. objeto direto. objeto indireto. adjunto adnominal.
Na oração “A situação de greve não nos agrada”, o pronome pessoal oblíquo funciona como objeto: direto. direto e indireto. indireto. não funciona como objeto. Trata-se do sujeito da oração. não funciona como objeto. Trata-se de complemento nominal.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. O diretor recebeu *os alunos* no auditório da escola.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Entreguei *aos formandos* a programação das solenidades festivas.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Encontrei *a menina* chorando pelos corredores.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Caminhar é saudável *às idosas*.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Deu *à menina* a sua mão e juntos prosseguiram o passeio.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Eu coloquei *os livros* sobre a mesa.
Tendo em vista que os pronomes oblíquos exercem a função de complementos verbais, substitua os termos grifados pelos pronomes correspondentes. Viajar não seria conveniente *ao João* neste momento.
“É quase impossível que eu o enxergue daqui”. Na frase acima foi empregado corretamente o pronome oblíquo “o”. A frase que NÃO se completa com esse pronome é: Abracei - ____ com entusiasmo Vi - ____ ontem na esquina da rua. Felicitei - ____ pela aprovação. Devolvi - ____ o documento. Entreguei - ____ ao aluno.
Assinale a frase que NÃO admite transposição para a voz passiva. Rodolfo surgiu repentinamente. Ele adquiriu a verba necessária. O padeiro sustenta a sua família numerosa. A turma acolheu o professor como patrono. Ele montou a arquibancada para o campeonato.
Reconheça a sentença que NÃO se encontra na voz passiva. Os caçadores eram guiados pelo faro dos cães. Fabricam-se móveis rústicos nesta empresa. Exploram-se atrações turísticas nesta cidade. Ouviram-se palavras agressivas durante a conversa. Precisa-se de funcionários nesta empresa.
Diante das alternativas expostas, assinale a que se encontra na voz passiva. Antigamente contavam-se muitas histórias. Gosta-se de contar histórias nesta casa. Vive-se melhor no campo do que na cidade. Questões polêmicas permeiam a sociedade. No casamento, sempre se fica nervoso.
Assinale a sequência de conjunções que estabelecem, entre as orações de cada item, uma correta relação de sentido. I. Correu demais, ____ caiu. II. Dormiu mal ____ os sonhos não o deixaram em paz. III. A matéria perece, ____ a alma é imortal. IV. Leu o livro, ____ é capaz de descrever as personagens com detalhes. V. Guarde seus pertences, ____ podem servir mais tarde. porque, todavia, portanto, logo, entretanto. por isso, porque, mas, portanto, que. logo, porém, pois, porque, mas. porém, pois, logo, todavia, porque. entretanto, que, porque, pois, portanto.
Classifique as conjunções de cada item de acordo com o seu valor semântico. Responda separando-as por vírgulas. - Por isso - Porque - Mas - Portanto - Que.
Em: “Estudam, porém não trabalham”, a conjunção destacada pode ser substituída sem alteração de sentido por: e também. logo. contudo. ou. pois.
Classifique as conjunções coordenativas destacadas e associe as duas colunas. Preparou-se muito bem para a avaliação, *logo* obterá um ótimo resultado. Márcia é alegre *e* bastante extrovertida. *Ora* estuda, *ora* trabalha na empresa comandada pela própria família. Não pôde comparecer à festa, *porque* não estava se sentindo muito bem. Não compareceu à reunião, *porém* tratou logo de enviar as devidas justificativas.
Estabeleça a correta correspondência entre os dois grupos, conforme a ideia expressa pelos advérbios destacados. *De modo algum*, irei lá. O palestrante falou *claramente* sobre o assunto. *Lá* somos felizes. *Talvez* ela não cheque para o jantar.
Estabeleça a correta correspondência entre os dois grupos, conforme a ideia expressa pelos advérbios destacados. *Realmente* eles desapareceram. A feijoada estava *muito* temperada A seleção retornou vitoriosa *ontem*.
Há dois advérbios em todas as alternativas, EXCETO em: Sabendo das más notícias, falou nervosa e impacientemente. Amanhã o coral cantará afinadamente na apresentação. Durante o interrogatório, o suspeito ficou muito calado. Hoje não iremos à escola. Ontem a torcida compareceu ao estádio pacificamente.
Assinale a frase em que a palavra “meio” funciona como advérbio. Os soldados combateram estoicamente até a morte. Os fiscais sugeriram ironicamente que os candidatos fossem submetidos a um outro exame. Possivelmente haverá uma nova oportunidade. No momento da discussão, alguns convidados saíram sutilmente sem se despedirem.
Relacione as colunas de acordo com a classificação das orações coordenadas. OC sindética conclusiva OC sindética explicativa OC sindética aditiva OC assindética OC sindética adversativa OC sindética alternativa.
Assinale a alternativa correta quanto às relações coesivas estabelecidas pelas conjunções em destaque no período composto. Ele é inteligente e estuda muito. – Sentido aditivo Ele é inteligente, mas estuda muito. – Sentido conclusivo Ele é inteligente, logo estuda muito. – Sentido adversativo Ele é inteligente, porque estuda muito. – Sentido alternativo Ele é inteligente, mas também estuda muito. – Sentido explicativo.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Deve ter ventado bastante porque há muitas folhas no chão.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Penso, logo existo.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Viajarei de ônibus ou alugarei um carro.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Ela está de férias, mas não viajou.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Mariana é rica e trabalha muito.
Classifique as orações coordenadas sindéticas a seguir. Gastei muito dinheiro na viagem. Portanto, devo economizar agora.
Em relação à classificação das orações coordenadas sindéticas destacadas, assinale a alternativa INCORRETA. Ela não só foi a primeira, mas também foi a mais aplaudida. (aditiva) Fale agora ou permanecerá calado para sempre. (conclusiva) Eu queria convencê-lo, mas os argumentos não foram suficientes. (adversativa) Cumprimente-o, pois hoje venceu mais uma etapa de sua vida. (explicativa).
Classifique os verbos em destaque quanto a sua transitividade. *Daremos* à moça o auxílio necessário.
Classifique os verbos em destaque quanto a sua transitividade. *Conquistei* a aprovação após muito estudo.
Classifique os verbos em destaque quanto a sua transitividade. O trabalho *produz* a riqueza.
Classifique os verbos em destaque quanto a sua transitividade. O cão *obedece* a seus instintos.
Classifique os verbos em destaque quanto a sua transitividade. As pessoas *gritavam*.
Marque as questões verdadeiras em relação à transitividade verbal nas orações abaixo. I. Pedro gosta de viajar. II. Chamei um mecânico. III. O pneu furou IV. Entregou os documentos ao juiz. I possui um verbo transitivo indireto e II possui um verbo III possui um verbo transitivo indireto e IV possui um verbo transitivo direto e indireto. IV possui um verbo transitivo direto e indireto e II possui um verbo transitivo III possui um verbo intransitivo e I possui um verbo transitivo II possui um verbo transitivo direto e IV possui um verbo transitivo direto e.
No período “*Fui* à escola, *busquei* minha irmã e, em seguida, *entreguei* os livros à Maria.”, os verbos em destaque são, respectivamente: intransitivo; transitivo direto; transitivo direto e indireto. transitivo indireto; transitivo direto; transitivo direto e indireto. transitivo direto; transitivo indireto; intransitivo. transitivo direto e indireto; intransitivo; transitivo direto. intransitivo; transitivo direto; transitivo indireto.
Em "E quando o brotinho lhe telefonou , dias depois, comunicando que estudava o modernismo, e dentro do modernismo sua obra, para que o professor lhe sugerira contato pessoal com o autor, ficou assanhadíssimo e paternal a um tempo", os verbos assinalados são, respectivamente: transitivo direto; transitivo indireto; de ligação; transitivo direto e indireto. transitivo direto e indireto; transitivo direto; transitivo indireto; de ligação. transitivo indireto; transitivo direto e indireto; transitivo direto; de ligação. transitivo indireto; transitivo direto; transitivo direto e indireto; de ligação. transitivo indireto; transitivo direto e indireto; de ligação; transitivo direto.
Relacione as colunas de acordo com a transitividade dos verbos destacados. *Gosto* de pessoas que são otimistas. *Deram*-me uma notícia muito triste. Meu amigo *morreu* ontem. Cecília *ganhou* o prêmio. Os viajantes *chegaram* de manhã.
Assinale a alternativa em que o verbo é transitivo direto. Comprei um terreno e construí a casa. Os guerreiros dormem agora. O cego não vê. João parece zangado. Ele precisa de ajuda.
Assinale a alternativa na qual o verbo é transitivo indireto O cão desapareceu ontem. Ofereceram um prêmio ao melhor vendedor. Eles confia m em seus superiores. Conheço estas coisas. Ele ficou feliz com a notícia.
Assinale a alternativa na qual o verbo é de ligação O espetáculo é às 21h. Eu fiquei o dia todo em casa. Eu quero um final de semana tranquilo. Espero você amanhã. Eu permaneci calada.
“Sorvete Kibon decora sua cozinha. E dá nome às latas”. Os termos destacados são, respectivamente: sujeito; objeto direto; objeto indireto. objeto direto; sujeito; objeto indireto. sujeito; objeto indireto; objeto direto. sujeito; sujeito; objeto indireto. objeto direto; sujeito; objeto direto.
De acordo com o código à mostra, analise os termos em destaque das seguintes orações: Eu acredito *em você* e não confio *em boatos*. Ganhamos *a partida* em tempo recorde. Desejamos-*lhe* sucesso nesta caminhada. Eu *a* vi saindo depressa. Continuas persistindo no *erro*.
Assinale a alternativa correta quanto ao termo destacado na frase a seguir: “O amor transforma *a vida*”. Objeto indireto. Objeto direto. Objeto direto preposicionado. Complemento nominal. Agente da passiva.
Assinale a alternativa correta quanto ao termo destacado na frase a seguir: “Revele-*me* seus segredos”. Objeto indireto. Objeto direto. Objeto direto preposicionado. Complemento nominal. Adjunto adnominal.
Em “esta *lhe* deu cem mil contos”, o termo destacado é: pronome possessivo. complemento nominal. objeto indireto. adjunto adnominal. objeto direto.
Identifique a alternativa em que há objeto direto preposicionado. Passou aos alunos o texto impresso. Naquela época, era difícil viajar para a Europa. Em dias chuvosos, gosto de ler um bom livro. Sentamo-nos numa das mesas e pedimos o jantar. Amou a João com o mais puro amor.
Assinale a opção em que o termo destacado foi corretamente analisado. Todo aquele amor deixava-a insensível. (predicativo do objeto) Carlos chegou cansado. (adjunto adverbial) O diretor nomeou Julia primeira bailarina. (predicativo do sujeito) Todos lhe chamavam ladrão. (predicativo do sujeito) Clara considera Antônio inteligente. (predicativo do sujeito).
Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal. Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam as novas ruas da cidade. Compareceram todos atrasados à reunião. Estava irritado com as brincadeiras.
Todas as orações a seguir apresentam predicado verbo-nominal, EXCETO: O menino voltou machucado. Os jogadores deixaram o campo cansados. Chamavam-lhe de covarde. Assistiram ao espetáculo felizes. Era medrosa aquela criança.
Marque apenas as alternativas verdadeiras: I – Juliana ficou em casa. II – Juliana ficou doente. III – Juliana estava triste. Na sentença I, o verbo é intransitivo, pois o verbo “ficar”, nesse caso, opõe-se a “sair”, logo o predicado é verbal. Nas sentenças II e III, o predicado é nominal, pois o verbo, de ligação em ambos os casos, ligam os sujeitos aos seus predicativos. Nas sentenças I e II, o predicado é nominal, pois o verbo “ficar” sempre é de ligação. Nas sentenças I e III, o predicado é verbo-nominal, pois o verbo é de ação e o seu complemento é um predicativo do sujeito. Nas três sentenças, o verbo é de ligação, portanto, o predicado de todos é nominal. Só a sentença I tem como núcleo do predicado um verbo.
Assinale as alternativas corretas, de acordo com a classificação dos predicados entre parênteses. Eles querem o carro. (predicado verbal) Os garotos chegaram cansados ao museu. (predicado verbo-nominal) O rei tornou-se ladrão. (predicado verbal) Os bêbados viraram a mesa do bar furiosos. (predicado nominal) O pobre mendigo virou rei. (predicado nominal).
Relacione as colunas de acordo com o tipo de predicado que cada período apresenta João adora doces. Pedro é inteligente. João acha Pedro inteligente. Maria comprou um carro novo. O dia está triste hoje.
Em “Nosso filho chegou atrasado.”, o predicado é: nominal. verbal. verbo-nominal. predicativo do sujeito. não há predicado.
Todos os predicados das sentenças a seguir são nominais, EXCETO em: Os passageiros ficaram assustados. O planeta podia ser tranquilo. Zé Maria não estava sóbrio. Você acha Júlia bonita. Meu apartamento é bem grande.
Assinale a única alternativa que apresenta um predicado verbo-nominal. O show foi emocionante. Gustavo gosta de pipoca. Fernanda chegou cansada. Mônica é muito comunicativa. Trovejou muito.
Classifique os verbos das orações abaixo, usando o código a seguir. Intransitivo. Transitivo direto. Transitivo indireto. Bitransitivo. Ligação.
Classifique os verbos das orações abaixo, usando o código a seguir. Intransitivo. Ligação. Transitivo indireto.
Analise os termos destacados e ligue-os: Complemento nominal Objetivo indireto.
Analise os termos destacados e ligue-os: Complemento nominal Objetivo indireto.
Dê a função sintática das palavras destacadas, usando o código a seguir. Objeto direto. Objeto indireto. Complemento nominal.
Dê a função sintática das palavras destacadas, usando o código a seguir. Agente da passiva. Sujeito. Predicativo do sujeito. Predicativo do objeto.
Ligue os pontos: Complemento nominal Adjunto adnominal.
Ligue os pontos: Complemento nominal Adjunto adnominal.
Analise os termos destacados e marque-os da seguinte forma: (CN), se for complemento nominal; (AA), se for adjunto adnominal; (OI), se for objetivo indireto. A velhinha de cabelos *brancos* demonstrava *grande* amor *pelas crianças*. AA - CN - CN CN - AA - OI AA - AA - CN OI - CN - AA CN - OI - AA.
Analise os termos destacados e marque-os da seguinte forma: (CN), se for complemento nominal; (AA), se for adjunto adnominal; (OI), se for objetivo indireto. Ele sempre teve muita disposição *para o trabalho*. AA CN OI.
Analise os termos destacados e marque-os da seguinte forma: (CN), se for complemento nominal; (AA), se for adjunto adnominal; (OI), se for objetivo indireto. Independentemente *do resultado*, estou satisfeito *com minha participação* no campeonato *de estudantes*. CN - OI - AA AA - OI - CN OI - AA - AA CN - CN - AA AA - CN - CN.
Analise os termos destacados e marque-os da seguinte forma: (CN), se for complemento nominal; (AA), se for adjunto adnominal; (OI), se for objetivo indireto. Senti falta *de você* durante *as* férias. OI - AA AA - OI OI - OI AA - AA.
Analise os termos destacados e marque-os da seguinte forma: (CN), se for complemento nominal; (AA), se for adjunto adnominal; (OI), se for objetivo indireto. Encontrei *um* amigo *querido* na viagem. OI - OI AA - AA OI - AA AA - OI.
Ligue os pontos: Adjunto adnominal. Adjunto adverbial.
Classifique os termos destacados, usando (A) para para adjunto adnominal e (B) para adjunto adverbial, nas questões a seguir. *Poucas* pessoas vieram *à festa*. A - A A - B B - B B - A.
Classifique os termos destacados, usando (A) para para adjunto adnominal e (B) para adjunto adverbial, nas questões a seguir. Pegue esse copo *de cristal* *com cuidado*. A - A B - B A - B B - A.
Classifique os termos destacados, usando (A) para para adjunto adnominal e (B) para adjunto adverbial, nas questões a seguir. *Algumas* pessoas andavam *pelas ruas*. B - B B - A A - A A - B.
Assinale a alternativa em que o termo destacado seja um complemento nominal. Daremos nosso apoio *a essa nobre causa*. Encontrei a caneta *de tinta preta* que procurava. A resposta *do presidente* foi satisfatória. O vaso *de barro* caiu da mesa. A defesa *da equipe* salvou o jogo.
Todos os termos grifados são adjuntos adnominais, EXCETO: A descoberta *de Portugal* mudou a história brasileira. Encontrei o celular *de Alberto*. As denúncias *ao suspeito* só aumentavam. Gosto mais de livros *de suspense*. As bonecas *de pano* são ótimas para presente.
Considere as seguintes frases: I) Peguei a carteira *do senhor* a qual havia caído no chão. (Adjunto adnominal) II) As guerras já causaram a morte *de muitas pessoas*. (Complemento nominal) III) A crítica *ao filme* não foi positiva. (Adjunto adnominal) Os termos destacados foram avaliados CORRETAMENTE em: somente em I. somente em II. I e II. II e III. I, II e III.
Todos os termos grifados são complementos nominais, EXCETO: O medo *de contaminação* era intenso. O preconceito *contra negros* ainda existe no país. O dinheiro *da minha mãe* sumiu. Devemos lutar contra o desmatamento *das matas brasileiras*. A menina agiu favoravelmente *à ideia do amigo*.
Considere o período: Houve inúmeras manifestações [contra as emendas constitucionais] [do governo]. Os termos destacados do período acima são, respectivamente: complemento nominal / predicativo do objeto. adjunto adnominal / predicativo do objeto. adjunto adnominal / complemento nominal. complemento nominal / adjunto adverbial. complemento nominal / adjunto adnominal.
Preencha os parênteses a seguir com o código: (AA) Adjunto adnominal. (CN) Complemento nominal. - ( ) As *grandes* árvores ornamentavam o *belo* jardim. - ( )Tenha confiança *em mim*. - ( ) Os funcionários não tiveram interesse *pelas propostas apresentadas*. - ( ) A bola *dos meninos* caiu no quintal *do vizinho*. Como ficou a sequência? CN, AA, CN, AA AA, CN, CN, CN CN, CN, AA, CN AA, CN, CN, AA. CN, AA, AA, AA.
Considere o período: O cachorro foi encontrado cheio *de pulgas* e *uma* pata estava machucada. - Os termos destacados do período acima são, respectivamente: adjunto adnominal / complemento nominal. complemento nominal / adjunto adnominal. complemento nominal / predicativo do objeto. adjunto adnominal / predicativo do objeto. complemento nominal / adjunto adverbial.
Classifique os termos grifados como complemento nominal (CN) ou adjunto adnominal (AA). - ( ) A luta *contra a Ditadura Militar* foi intensa no país. - ( ) A pergunta *da fã* deixou o artista constrangido. - ( ) Ainda estávamos longe *da praia*. - ( ) A cadeira *de balanço* era do meu avô. - ( ) A greve *dos bancários* já durava dois meses. - ( ) Sentou-se perto *de mim*. Como ficou a ordem? CN - AA - CN - AA - AA - CN AA - AA - CN - CN - AA - CN CN - CN - AA - AA - CN - AA AA - CN - AA - CN - CN - AA.
Selecione a frase em que o pronome SE é partícula apassivadora. Acharam-se as provas do crime. Come-se bem nesse restaurante. Os policiais feriram-se. Eles se agrediram. Necessita-se de ajuda.
Na frase “Ele arrependeu-se do que fez”, o pronome SE exerce função de: pronome apassivador. pronome reflexivo. partícula integrante do verbo. pronome reflexivo recíproco. índice de indeterminação do sujeito.
Na frase “O menino machucou-se com a bicicleta”, o pronome SE exerce função de: pronome apassivador. pronome reflexivo. partícula integrante do verbo. pronome reflexivo recíproco. índice de indeterminação do sujeito.
Em todos os itens o pronome SE é apassivador, EXCETO em: Sabe-se que ele é honesto. Organizou-se esta prova. Não se deverá realizar mais a festa. Nada mais se via. Assistiu-se à cerimônia inteira.
Assinale a frase na qual o se NÃO é pronome apassivador e NEM índice de indeterminação do sujeito. Estudou-se este assunto. Ela se suicidou ontem. Falou-se muito sobre aquela festa. Aos inimigos não se estima. Fizeram-se reformas na casa.
Na frase “Discorda-se do fato”, o pronome SE exerce função de: pronome apassivador. pronome reflexivo. partícula integrante do verbo. pronome reflexivo recíproco. índice de indeterminação do sujeito.
Na frase “Contaram-se histórias estranhas”, o pronome SE exerce função de: pronome apassivador. pronome reflexivo. partícula integrante do verbo. pronome reflexivo recíproco. índice de indeterminação do sujeito.
Em todos os itens o pronome SE é índice de indeterminação do sujeito, EXCETO em: Confia-se nas pessoas. Precisa-se de pessoas com atitude. Fala-se muito em novas tecnologias. Estragou-se o papel. Reclama-se de tudo.
Faça a correlação das duas colunas. Partícula apassivadora Pronome reflexivo Partícula integrante do verbo Índice de indeterminação do sujeito.
Dê a função sintática dos termos assinalados na frase a seguir: *O lucro* foi *excelente*. Objeto direto - Adjunto adverbial. Sujeito - Predicativo do sujeito. Sujeito - Predicativo do objeto. Predicativo do sujeito - Predicativo do objeto. Sujeito - Objeto direto.
Na oração "Pagam bem lá?", o sujeito é: oculto. simples. indeterminado. não há sujeito. composto.
Na oração "Afinal, lá se está sempre contente.", o sujeito é: oculto. composto. determinado. indeterminado. não há sujeito.
Na oração "Os livros escolares devem ser tratados com carinho.", o sujeito é: composto. indeterminado. simples. oração sem sujeito. oculto.
Na oração "Entusiasmo, garbo e disciplina caracterizaram o desfile.", o sujeito é: indeterminado. composto. oração sem sujeito. simples. oculto.
Na oração "Anoitecia silenciosamente.", o sujeito é: simples. oração sem sujeito. indeterminado. oculto. composto.
Na oração "Faz dez anos que cheguei aqui.", o sujeito é: oculto. simples. indeterminado. não há sujeito. composto.
"Nunca ninguém acariciou uma cabeça de galinha." Qual é o sujeito e o tipo de sujeito da oração expressa anteriormente? Nunca ninguém / composto. Ninguém / simples. Ninguém /indeterminado. Nunca / simples. Ninguém / oração sem sujeito.
Na oração "Corriam por aqueles dias boatos da revolução.", o sujeito é: simples. oculto. oração sem sujeito. indeterminado. composto.
Analise as orações subordinadas substantivas destacadas e classifique-as em: subjetiva, objetiva direta, objetiva indireta, completiva nominal, predicativa e apositiva. - Sabe-se *que todos têm direito à educação*. - O amigo do menino duvidou *de que ele conseguisse nadar*. - Eu pensei *que você estivesse doente*. Subjetiva, Objetiva indireta e Objetiva direta Objetiva direta, predicativa e apositiva. Completiva nominal, Objetiva direta e Objetiva indireta Subjetiva, Objetiva direta e Completiva nominal Objetiva direta, subjetiva e objetiva indireta.
Analise as orações subordinadas substantivas destacadas e classifique-as em: subjetiva, objetiva direta, objetiva indireta, completiva nominal, predicativa e apositiva. - O professor tinha necessidade *de que seus alunos prestassem atenção naquele momento*. - Só quero uma coisa: *que você me deixe em paz*. - A verdade é *que precisamos de amigos*. Objetiva direta, subjetiva e objetiva indireta Subjetiva, predicativa e objetiva direta Completiva nominal, Apositiva e Predicativa Apositiva, objetiva indireta e Completiva nominal Objetiva indireta, apositiva e subjetiva.
"Os homens sempre se esquecem *de que somos todos mortais*." A oração entre asteriscos é: subordinada substantiva completiva nominal. subordinada substantiva predicativa. subordinada substantiva objetiva direta. subordinada substantiva objetiva indireta. subordinada substantiva apositiva.
"Maria do Carmo tinha a certeza *de que estava grávida*". A oração em destaque é considerada: subordinada substantiva objetiva indireta. subordinada substantiva objetiva direta. subordinada substantiva completiva nominal. subordinada substantiva subjetiva. subordinada substantiva predicativa.
“Seu desejo é que todos sejam aprovados”. A segunda oração é classificada como uma oração subordinada substantiva: objetiva direta. predicativa. apositiva. subjetiva. completiva nominal.
“Faço apenas um pedido: que você nunca abandone os seus estudos”. A segunda oração é classificada como uma oração subordinada substantiva: apositiva. objetiva indireta. predicativa. completiva nominal. objetiva direta.
Relacione as colunas de acordo com a classificação das orações subordinadas substantivas. Meu desejo é que haja paz. Meu desejo é um só: que haja paz! Convém que haja paz. Necessito de que haja paz. Eu acho que necessitamos de paz.
As orações a seguir são, respectivamente: - “Deduzo que a encomenda ainda não chegou.” - “É claro que vamos viajar nas férias.” Oração subordinada substantiva objetiva direta e oração subordinada substantiva apositiva. Oração subordinada substantiva subjetiva e oração subordinada substantiva completiva nominal. Oração subordinada substantiva objetiva direta e oração subordinada substantiva subjetiva. Oração subordinada substantiva predicativa e oração subordinada substantiva objetiva indireta. Oração subordinada substantiva apositiva e oração subordinada substantiva predicativa.
Leia as sentenças a seguir. “É preciso que ela se encante por mim!” “Chegou à conclusão de que saiu no prejuízo.” Assinale abaixo a alternativa que classifica, correta e respectivamente, as orações subordinadas substantivas (O.S.S.) destacadas: O.S.S. objetiva direta e O.S.S. objetiva indireta. O.S.S. subjetiva e O.S.S. completiva nominal. O.S.S. subjetiva e O.S.S. objetiva indireta. O.S.S. objetiva direta e O.S.S. completiva nominal. O.S.S. subjetiva e O.S.S. objetiva direta.
Assinale a alternativa que indique a ordem que preenche corretamente as lacunas a seguir. I. Justiça entre os homens é ______. II. __________ a entrada de estranhos. III. Cerveja é ____________. necessário – proibido – gostoso. necessária – proibida – gostosa. necessário – proibida – gostoso. necessária – proibido – gostosa. necessários – proibida – gostoso.
Analise as orações abaixo, optando por atribuir-lhes o termo correspondente. a) A garota parece _____ confusa. (meio / meia) b) Comemos _____ pizza durante o rodízio com amigos. (meio / meia) c) São _____ as reclamações sobre a mudança de itinerário. (bastante / bastantes) d) Por hoje já basta, pois estamos _____ cansadas. (bastante / bastantes) e) Perdemos _____ chances de demonstrarmos nosso talento. (bastante / bastantes) Qual é a ordem correta? meio - meia - bastantes - bastante - bastantes meia - meia - bastante - bastantes - bastantes meia - meia - bastantes - bastantes - bastante meio - meio - bastante - bastante - bastante meio - meio - bastantes - bastante - bastante.
Considerando a concordância nominal, assinale a frase correta. Ela mesmo confirmou a realização do encontro. Foi muito criticado pelos jornais a reedição da obra. Ela ficou meia preocupada com a notícia Muito obrigada, querido, falou-me emocionada. Anexos, remeto-lhes nossas últimas fotografias.
Escolha a alternativa incorreta segundo as normas da concordância nominal. As corridas eram menos frequentadas que os intervalos. É necessário cautela na escolha dos brinquedos das crianças. Os comprovantes de maioridade foram anexos aos pedidos dos jogos. Eles mesmo decidiram “suavizar” os jogos. Gosto bastante dessas flores.
Complete os espaços com um dos nomes colocados nos parênteses. a) Será que é __________________ essa confusão toda? (necessário / necessária) b) Houve ____________ razões para eu não voltar lá. (bastante / bastantes) c) Encontrei ____________ a sala e os quartos. (vazia / vazios) d) A dona do imóvel ficou __________ desiludida com o inquilino. (meio / meia) necessário - bastantes - vazia - meia necessária - bastante - vazios - meio necessário - bastante - vazia/vazios - meia necessária - bastantes - vazia/vazios - meio necessário - bastantes - vazia/vazios - meio.
Assinale a opção em que não há erro. Seguem anexo os formulários pedidos. Não vou comprar esta camisa. Ela está muito caro. Estas questões são bastantes difíceis. Eu lhes peço que as deixem sós. Estando pronto os preparativos para o início da corrida, foi dada a largada.
Marque a frase inaceitável, do ponto de vista da concordância nominal. É necessária paciência. Não é bonito ofendermos aos outros. É bom bebermos cerveja. Não é permitido presença de estranhos. Água de Melissa é ótimo para os nervos.
Assinale a opção em que a concordância nominal contraria a norma culta da língua. Uso louça e copo velhos. Uso louça e copo velho. Uso copo e louça velhos. Uso copo e louça velha. Uso copo e louça velhas.
A alternativa incorreta de acordo com a gramática da língua culta é: Obedeça o regulamento. Custa crer que eles brigaram. Aspiro o ar da montanha. Prefiro passear a ver televisão. O caçador visou o alvo.
Assinale a alternativa correta. Antes prefiro aspirar uma posição honesta que ficar aqui. Prefiro aspirar uma posição honesta que ficar aqui. Prefiro aspirar a uma posição honesta que ficar aqui. Prefiro antes aspirar a uma posição honesta que ficar aqui. Prefiro aspirar a uma posição honesta a ficar aqui.
A frase que apresenta erro de regência do verbo ASSISTIR é: Ela assistiu à peça de sua filha. O fisioterapeuta assistiu aos pacientes com problemas de locomoção. Ele assiste às aulas sempre com muita serenidade. Aqueles médicos assistem os doentes com dedicação. Assistiu aos jogos da seleção sem nenhum entusiasmo.
Indique a alternativa correta. Prefiro correr do que nadar. Prefiro mais correr que nadar Prefiro mais correr a nadar. Prefiro correr a nadar. Prefiro correr à nadar.
Assinale a oração correta quanto à regência verbal. Os tolos admiram e obedecem os velhacos. Ele chegou em casa cedo. Quero assistir esse filme. Ele aspira ao sucesso. Prefiro cerveja do que vinho.
Assinale a alternativa que contém as respostas certas. I - Visando apenas aos seus próprios interesses, ele prejudicou toda uma família. II - Preferiu declarar falida a firma a aceitar qualquer ajuda do sogro. III - Desde criança sempre aspirava a uma posição de destaque. IV - Aspirando o perfume das centenas de flores que enfeitavam a sala, desmaiou. II – III – IV. I – II – III. I – III – IV. I – III. I – II.
Partindo-se do pressuposto de que a mudança de transitividade pode implicar na mudança de significado, analise os páreos linguísticos em questão, com vistas a apontar o sentido expresso pelo verbo. a – O garoto sempre agrada sua mãe. b – As novas propostas não agradaram aos eleitores. c – Eu aspirei aquele inesquecível perfume. d – Todos aspiram a um bom cargo dentro da empresa. VTI – dar carinho/ fazer agrados. VTD – satisfazer. VTD – inspirar o ar/ sentir cheiro. VTI – almejar/ desejar. VTD – dar carinho/ fazer agrados. VTI – satisfazer. VTD – inspirar o ar/ sentir cheiro. VTI – almejar/ desejar. VTI – dar carinho/ fazer agrados. VTD – satisfazer. VTI – inspirar o ar/ sentir cheiro. VTD – almejar/ desejar. VTD – dar carinho/ fazer agrados. VTI – satisfazer. VTI – inspirar o ar/ sentir cheiro. VTD – almejar/ desejar.
Partindo-se do pressuposto de que a mudança de transitividade pode implicar na mudança de significado, analise os páreos linguísticos em questão, com vistas a apontar o sentido expresso pelo verbo. g – Quero uma cópia desse documento. h – Quero a esta criança como se fosse minha filha. i – O caçador visou o animal. j – Ele visava ao posto de gerente. VTD – desejar. VTI – gostar/ ter afeto. VTD – mirar. VTI – almejar/ ter por objetivo. VTI – desejar. VTD – gostar/ ter afeto. VTI – mirar. VTD – almejar/ ter por objetivo. VTD – desejar. VTI – gostar/ ter afeto. VTI – mirar. VTD – almejar/ ter por objetivo. VTI – desejar. VTD – gostar/ ter afeto. VTD – mirar. VTI – almejar/ ter por objetivo.
Marque a alternativa em que aparece um pronome oblíquo em posição de ênclise. Ela me abraça no portão de casa. Vou lhe conseguir um novo sapato. Na escrita ninguém escreve tão bem. Eu hei de ajudá-las, se Deus quiser. Todos me agradecem pelas minhas dicas.
“Me diz com quem andas e te direi quem és”. De acordo com a gramática e a colocação pronominal, o período composto em destaque: está correto e não precisa sofrer alterações em relação à colocação pronominal. está apenas com o pronome oblíquo inicial correto. deveria tratar o interlocutor por você para que a mensagem fosse mais correta. deveria começar com ênclise nas duas orações deveria começar com ênclise na primeira oração e mesóclise na segunda oração.
Se a mensagem “Me diz com quem andas e te direi quem és” apresenta erro gramatical, qual a melhor alternativa para mantê-la assim ou justificar o erro? A frase está perfeita, deixe escrita como está. Deveria ser reescrita assim: “Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és”. Deveria ser reescrita assim: “Diga-me com quem andas e dir-lhe-ei quem és”. Deveria ser reescrita assim: “Me diz com quem andas e direi a ti quem és”. Deveria ser reescrita assim: “Diz-me com quem andas e lhe direis quem és”.
Quando alguém muito apaixonado diz: “Te amo, meu amor!”, podemos dizer que: usa a ênclise de forma incorreta. deveria usar a mesóclise junto a um verbo no futuro de presente. usou a próclise corretamente em início de frase. não deveria usar próclise, pois não há palavra atrativa. deveria ter dito assim: “Meu amor! Te amo!”.
5) Analise as sentenças a seguir. I – Ontem, não me levantei cedo. II – Ontem, me levantei cedo. III – Ontem me levantei cedo. Em relação à colocação pronominal, qual/quais está/estão incorreta(s)? I, II e III. I e III. III. II. II e III.
Assinale a alternativa correta quanto à colocação do pronome. Preciso vê-lo, me disse o rapaz. Este é um trabalho que absorve-me muito. Em tratando-se frutas, prefiro as cítricas. Tudo se resolve com o tempo. Não abandone-me.
Complete os espaços da frase abaixo. Quem _____________ estragado que __________ de _________________. o trouxe / encarregue-se / consertá-lo. o trouxe / se encarregue / consertá-lo. trouxe-o / se encarregue / o consertar. trouxe-o / encarregue-se / consertá-lo. o trouxe / encarregue-se / o consertar.
Há um erro de colocação pronominal em: Sempre a quis como namorada. Os soldados não lhe obedeceram às ordens. Todos me disseram o mesmo. Recusei a ideia que apresentaram-me. Por este processo, ter-se-iam obtido melhores resultados.
Reescreva as frases empregando, de acordo com a variedade padrão, os pronomes oblíquos átonos entre parênteses: O dono do estabelecimento recebeu carinhosamente. (nos).
Reescreva as frases empregando, de acordo com a variedade padrão, os pronomes oblíquos átonos entre parênteses: Que Deus proteja, filho! (o).
Reescreva as frases empregando, de acordo com a variedade padrão, os pronomes oblíquos átonos entre parênteses: Olhou no espelho e percebeu que estava ainda mais jovem. (se).
Reescreva as frases empregando, de acordo com a variedade padrão, os pronomes oblíquos átonos entre parênteses: Qual dos alunos candidataria à vaga de representante de sala? (se).
Reescreva as frases empregando, de acordo com a variedade padrão, os pronomes oblíquos átonos entre parênteses: Enviarei as encomendas conforme o pedido. (lhe).
Denunciar test Condiciones de uso
INICIO
CREAR TEST
COMENTARIOS
ESTADÍSTICAS
RÉCORDS
Otros tests del Autor