Geografia - 9º ano - 2º bim - 2019

INFORMACIÓN
ESTADÍSTICAS
RÉCORDS
Título del test:
Geografia - 9º ano - 2º bim - 2019

Descripción:
Training

Autor:
Fabrício
(Otros tests del mismo autor)

Fecha de Creación:
25/06/2019

Categoría:
Geografía
Sigue en facebook las noticias y los mejores tests de daypo apretando en 'Me gusta'
Últimos Comentarios
No hay ningún comentario sobre este test.
Temario:
Aspectos econômicos do continente europeu A economia europeia é diversificada, competitiva e marcada pela intensa utilização de tecnologia, tanto na agropecuária quanto na indústria, o que substitui a mão de obra humana por ___________. .
Aspectos econômicos do continente europeu O setor ___________ emprega grande parcela da População Economicamente Ativa (PEA) do continente. .
Aspectos econômicos do continente europeu O setor terciário emprega grande parcela da PEA do continente. O que significa PEA?.
Aspectos econômicos do continente europeu A economia europeia é diversificada, competitiva e marcada pela intensa utilização de tecnologia, tanto na agropecuária quanto na indústria, o que substitui a mão de obra humana por máquinas. O setor terciário emprega grande parcela da População Economicamente Ativa (PEA) do continente. Tal fato não está ligado apenas à diminuição da oferta de postos de trabalhos nos outros setores, como já citado. Ele se relaciona também ao _____________ do setor terciário, que, por oferecer cada vez maior variedade de serviços à população, necessita de mais mão de obra. crescimento encolhimento conservadorismo.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário A agricultura europeia é muito produtiva, graças à utilização de ___________ de ponta.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário A agricultura europeia é muito produtiva, graças à utilização de tecnologia de ponta. Entre as principais culturas agrícolas do continente, destacam-se ____________________________, e _______________________________. Ambas são desenvolvidas principalmente na região do Mediterrâneo, onde as condições climáticas são mais favoráveis aos cultivos de forma geral. Nessa região também encontramos o cultivo de tabaco e de frutas cítricas. a uva, utilizada para a produção de vinho as azeitonas (oliveiras), para a produção de azeite as maçãs, para a produção de cidra a granola, para a produção de cereais matinais.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário A agricultura europeia é muito produtiva, graças à utilização de tecnologia de ponta. Entre as principais culturas agrícolas do continente, destacam-se a uva, utilizada para a produção de vinho, e as azeitonas (oliveiras), para a produção de azeite. Ambas são desenvolvidas principalmente na região do ______________, onde as condições climáticas são mais favoráveis aos cultivos de forma geral. Nessa região também encontramos o cultivo de tabaco e de frutas cítricas.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário A agricultura europeia é muito produtiva, graças à utilização de tecnologia de ponta. Entre as principais culturas agrícolas do continente, destacam-se a uva, utilizada para a produção de vinho, e as azeitonas (oliveiras), para a produção de azeite. Ambas são desenvolvidas principalmente na região do Mediterrâneo, onde as condições climáticas são mais favoráveis aos cultivos de forma geral. Nessa região também encontramos o cultivo de __________ e de _______________. tabaco frutas cítricas cana-de-açúcar feijão.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Os cereais, em especial o trigo e a cevada, são cultivados na _______, ________, _________e __________. Rússia França Alemanha Ucrânia Turquia Espanha.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Os cereais, em especial o trigo e a cevada, são cultivados na Rússia, França, Alemanha e Ucrânia. Já o cultivo de beterraba é feito principalmente na ________, ________, _________e _________. Rússia França Alemanha Ucrânia Turquia Espanha.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Outro destaque é a ___________ intensiva, praticada de forma expressiva no continente. A grande parcela do rebanho é utilizada para a produção de leite, queijo, manteiga e outros derivados, com destaque para a Alemanha e a França.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Marque a verdadeira: Embora tenham uma grande produção agropecuária, os países europeus não são autossuficientes, o que requer que importem produtos de outras regiões do mundo. Tal fato transforma a Europa em um grande importador de produtos agrícolas. Por terem uma grande produção agropecuária, os países europeus são autossuficientes, o que faz com que não importem produtos de outras regiões do mundo. Tal fato transforma a Europa em um grande exportador de produtos agrícolas.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Embora tenham uma grande produção agropecuária, os países europeus não são autossuficientes, o que requer que importem produtos de outras regiões do mundo. Tal fato transforma a Europa em um grande ____________ de produtos agrícolas.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário Graças ao seu grande litoral, a _________ também é intensamente praticada nos países europeus, em especial na Espanha, Noruega, Rússia, Islândia, Dinamarca e em Portugal. Destacam-se a sardinha, o atum, o bacalhau, os crustáceos e os moluscos. .
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor primário No que se refere aos principais recursos minerais do continente, destacam-se: o minério de ferro o carvão o gás natural o petróleo.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor secundário A atividade industrial teve início na Europa, especificamente na ____________, durante a chamada Primeira Revolução Industrial, no século XVIII. .
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor secundário A atividade industrial teve início na Europa, especificamente na Inglaterra, durante a chamada Primeira ___________ Industrial, no século XVIII. .
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor secundário A atividade industrial teve início na Europa, especificamente na Inglaterra, durante a chamada Primeira Revolução Industrial, no século XVIII. Desde esse período, a atividade se espalhou pelo continente, sempre realizada de forma intensa. Porém, a produção industrial europeia diminuiu nas últimas décadas por causa da transferência de algumas indústrias europeias para países que têm: mão de obra mais barata, baixos impostos e outros atrativos. mão de obra mais barata, altos impostos e outros atrativos. mão de obra mais qualificada, baixos impostos e outros atrativos.
A produção industrial engloba vários segmentos, dos quais NÃO faz parte: têxtil siderúrgico naval químico automobilístico metalúrgico eletrônico alta tecnologia agropecuário.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor secundário As principais áreas industriais do continente concentram-se na França, na Bélgica, nos Países Baixos, na Inglaterra, na Alemanha e no norte da Itália. Além dessas tradicionais áreas industriais, a Rússia e a Ucrânia também se destacam nesse setor. Tais países se industrializaram durante o período da _____________, recebendo grandes investimentos estatais. Porém, com o fim desse período, esses países tiveram que modificar seus investimentos, abrindo-se para o capitalismo. No caso da Ucrânia, o governo concedeu incentivos par a atração de empresas transnacionais.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor secundário As principais áreas industriais do continente concentram-se na França, na Bélgica, nos Países Baixos, na Inglaterra, na Alemanha e no norte da Itália. Além dessas tradicionais áreas industriais, a Rússia e a Ucrânia também se destacam nesse setor. Tais países se industrializaram durante o período da Guerra Fria, recebendo grandes investimentos estatais. Porém, com o fim desse período, esses países tiveram que modificar seus investimentos, abrindo-se para o ____________. No caso da Ucrânia, o governo concedeu incentivos par a atração de empresas transnacionais.
Aspectos econômicos do continente europeu Prestação de serviços (transporte, por exemplo), instituições financeiras, turismo, entretenimento, hospitais, restaurantes, entre outros, além de atividades comerciais, são atividades desenvolvidas pelo setor ___________.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário O _________ é uma importante fonte de renda para a Europa, pois movimenta hotéis, restaurantes, atividades de entretenimento, transporte, entre outros. Em 2017, movimentou direta e indiretamente o correspondente a cerca de 10% do PIB dos países da União Europeia (Parlamento Europeu). .
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário O turismo é uma importante fonte de renda para a Europa, pois movimenta hotéis, restaurantes, atividades de entretenimento, transporte, entre outros. Em 2017, movimentou direta e indiretamente o correspondente a cerca de ___% do PIB dos países da União Europeia (Parlamento Europeu).
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário O turismo é uma importante fonte de renda para a Europa, pois movimenta hotéis, restaurantes, atividades de entretenimento, transporte, entre outros. Em 2017, movimentou direta e indiretamente o correspondente a cerca de 10% do PIB dos países da União Europeia (Parlamento Europeu). O continente é o primeiro destino turístico do mundo, o que corresponde a ___% das viagens realizadas (Parlamento Europeu).
Os países europeus que mais atraem turistas são: França Espanha Itália Alemanha Reino Unido Grécia Índia Rússia.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário A Itália recebe muitos turistas atraídos pelas construções históricas pela gastronomia e pelo turismo religioso, já que é necessário passar por Roma para chegar ao ___________.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário A ___________ atrai turistas pelos mais variados motivos, como os casos do Muro de Berlim e dos campos de concentração nazistas, além de outros atrativos naturais e culturais, entre os quais se destaca seu patrimônio histórico.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário Quanto ao sistema de transportes, a Europa apresenta uma rede bem diversificada. A região ________________ tem a rede mais densa do planeta, com ferrovias, aeroportos, rodovias e portos. Essa condição facilita a locomoção de pessoas e mercadorias, além de gerar número expressivo de postos de trabalho nos países integrantes da União Europeia. centro-ocidental centro-oriental leste-europeia norte-europeia.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário O transporte ___________ é intensamente utilizado para o escoamento de mercadorias (75% do transporte realizado entre a Europa e outros países é feito por essa via) e para a locomoção de pessoas. Por sua vez, 40% das mercadorias escoadas entre os países da UE são transportadas também dessa forma (União Europeia, 2016).
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário O transporte aéreo é muito utilizado, visto que há várias rotas e voos para diversos destinos. Além disso, a concorrência estimulada pelos governos provocou diminuição dos preços e melhor oferta dos serviços, tudo isso com qualidade, pois as empresas consideradas não seguras são __________ de atuar nos países da UE (União Europeia).
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário Atualmente, alguns países europeus incentivam pesquisas relacionadas às tecnologias ecológicas para os sistemas de transporte que diminuam a poluição do meio ambiente e a dependência energética dos derivados do ___________.
Marque o verdadeiro: Com relação ao comércio externo, a Europa ocidental apresenta maior volume de transações que a Europa oriental. Entre os principais parceiros comerciais da Europa, destacam-se os Estados Unidos, o Japão, Canadá, Oriente Médio e a China. Com relação ao comércio externo, a Europa oriental apresenta maior volume de transações que a Europa ocidental. Entre os principais parceiros comerciais da Europa, destacam-se os Estados Unidos, o Japão, Canadá, Oriente Médio e a China.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário Com relação ao comércio externo, a Europa ocidental apresenta maior volume de transações que a Europa oriental. Entre os principais parceiros comerciais da Europa, destacam-se os Estados Unidos, o Japão, Canadá, Oriente Médio e a China. Os principais produtos exportados são os ______________.
Aspectos econômicos do continente europeu - Setor terciário Com relação ao comércio externo, a Europa ocidental apresenta maior volume de transações que a Europa oriental. Entre os principais parceiros comerciais da Europa, destacam-se os Estados Unidos, o Japão, Canadá, Oriente Médio e a China. Os principais produtos exportados são os manufaturados. Exportações Importações.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A ideia da integração ____________ entre os país s da Europa surgiu da necessidade de se desenvolver a economia regional para disputar o mercado internacional e reduzir as barreiras para a circulação das matérias-primas e dos produtos a serem comercializados.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A ideia da integração econômica entre os país s da Europa surgiu da necessidade de se desenvolver a economia regional para disputar o mercado internacional e reduzir as barreiras para a circulação das matérias-primas e dos produtos a serem comercializados. Nessa perspectiva, em 1958, foi criada a ___________________________, formada por Alemanha Ocidental, Bélgica, Itália, França, Países Baixos e Luxemburgo. Posteriormente, mais países aderiram a essa organização.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A ________________ foi instituída pelo Tratado de Maastricht, que entrou em vigor em 12 de novembro de 1993. Nesse tratado foram propostos o fim de barreiras alfandegárias e a implantação de uma moeda única, o euro, que substituiu as moedas de vários países-membros a partir de 2002. Dinamarca e Reino Unido decidiram não adotar o euro.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia foi instituída pelo Tratado de ___________, que entrou em vigor em 12 de novembro de 1993. Nesse tratado foram propostos o fim de barreiras alfandegárias e a implantação de uma moeda única, o euro, que substituiu as moedas de vários países-membros a partir de 2002. Dinamarca e Reino Unido decidiram não adotar o euro.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia foi instituída pelo Tratado de Maastricht, que entrou em vigor em 12 de novembro de _______. Nesse tratado foram propostos o fim de barreiras alfandegárias e a implantação de uma moeda única, o euro, que substituiu as moedas de vários países-membros a partir de 2002. Dinamarca e Reino Unido decidiram não adotar o euro.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia foi instituída pelo Tratado de Maastricht, que entrou em vigor em 12 de novembro de 1993. Nesse tratado foram propostos o fim de barreiras alfandegárias e a implantação de uma moeda única, o _______, que substituiu as moedas de vários países-membros a partir de 2002. Dinamarca e Reino Unido decidiram não adotar a moeda única.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia foi instituída pelo Tratado de Maastricht, que entrou em vigor em 12 de novembro de 1993. Nesse tratado foram propostos o fim de barreiras alfandegárias e a implantação de uma moeda única, o euro, que substituiu as moedas de vários países-membros a partir de 2002. Quais países decidiram não adotar a moeda única. Dinamarca Reino Unido Holanda Grécia Espanha.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia criou algumas instituições importantes para regulamentar as questões políticas, econômicas e sociais, como o ________________, o __________________ e a _________________. Em 2013, após o ingresso da Croácia, a UE passou a agregar 28 países-membros. Parlamento Europeu Conselho de Ministros Comissão Europeia Partido da Europa Aliança Europeia.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia criou algumas instituições importantes para regulamentar as questões políticas, econômicas e sociais, como o Parlamento Europeu, o Conselho de Ministros e a Comissão Europeia. Em 2013, após o ingresso da __________, a UE passou a agregar 28 países-membros.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia A União Europeia criou algumas instituições importantes para regulamentar as questões políticas, econômicas e sociais, como o Parlamento Europeu, o Conselho de Ministros e a Comissão Europeia. Em 2013, após o ingresso da Croácia, a UE passou a agregar ____ países-membros.
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia No dia 26 de junho de 2016, o ____________ realizou um plebiscito para que a população pudesse votar pela permanência do país na União Europeia ou pela saída dele. Com 52% dos votos, a população optou pela saída, que ficou conhecida corno Brexit (Britain exit).
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia No dia 26 de junho de 2016, o Reino Unido realizou um plebiscito para que a população pudesse votar pela permanência do país na União Europeia ou pela saída dele. Com ___% dos votos, a população optou pela saída, que ficou conhecida corno Brexit (Britain exit).
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia No dia 26 de junho de 2016, o Reino Unido realizou um plebiscito para que a população pudesse votar pela permanência do país na União Europeia ou pela saída dele. Com 52% dos votos, a população optou pela saída, que ficou conhecida corno ________ (Britain exit).
Aspectos econômicos do continente europeu - União Europeia No dia 26 de junho de 2016, o Reino Unido realizou um plebiscito para que a população pudesse votar pela permanência do país na União Europeia ou pela saída dele. Com 52% dos votos, a população optou pela saída, que ficou conhecida corno Brexit (___________).
Tensões e conflitos na Europa Ao longo dos anos, o mundo enfrentou vários conflitos e tensões. Alguns ainda perduram nos dias atuais. Tal situação não é diferente no continente europeu. Entre os principais conflitos/tensões, podemos destacar: o da Iugoslávia o Basco o da Catalunha o da Irlanda do Norte o Grego o Italiano o do Irã.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia Em 1918, foi formado o reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos, que em 1929 foi renomeado para ______________. Após a Segunda Guerra Mundial, esse país passou a ser administrado sob a forma de república, liderada pelo general Josip Broz Tito. A região era composta de seis repúblicas: Croácia, Bósnia-Herzegovina, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Sérvia, além das províncias de Kosovo e Voivodina.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia Em 1918, foi formado o reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos, que em 1929 foi renomeado para Iugoslávia. Após a Segunda Guerra Mundial, esse país passou a ser administrado sob a forma de república, liderada pelo general Josip Broz Tito. A região era composta de seis repúblicas: Croácia, Bósnia-Herzegovina, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Sérvia, além das províncias de Kosovo e Voivodina. A Iugoslávia tinha grande diversidade ________, fator que contribuiu para as tensões na região.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia Em 1918, foi formado o reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos, que em 1929 foi renomeado para Iugoslávia. Após a Segunda Guerra Mundial, esse país passou a ser administrado sob a forma de república, liderada pelo general Josip Broz Tito. A região era composta de seis repúblicas: Croácia, Bósnia-Herzegovina, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Sérvia, além das províncias de Kosovo e Voivodina. A Iugoslávia tinha grande diversidade étnica, fator que contribuiu para as tensões na região. A região seguia um modelo econômico __________; porém, não era aliada da União Soviética.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia A Iugoslávia tinha grande diversidade étnica, fator que contribuiu para as tensões na região. A região seguia um modelo econômico socialista; porém, não era aliada da União Soviética. Durante o governo de Tito, mesmo com a insatisfação de alguns povos, a região continuou unida, pois não havia repressão às nacionalidades e as repúblicas participavam da política. Em 1980, a crise do bloco socialista e a morte de Tito intensificaram os movimentos separatistas na região. Nesse contexto, assumiu o poder o líder socialista sérvio ___________________. No intento de manter o país unido, ele desenvolveu um projeto de controle e repressão total das repúblicas e das províncias, provocando inúmeros conflitos.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia Em 1991, Croácia, Eslovênia e Macedônia declararam sua independência. Diferentemente da Macedônia, que conseguiu a independência de forma pacífica, Croácia e Eslovênia tiveram alguns conflitos com o governo da Iugoslávia. Porém, foi na Bósnia-Herzegovina, que havia proclamado a soberania em 1990 e iniciado em 1992 seu processo de independência, onde ocorreu uma violenta guerra civil entre os povos da região (bósnios: muçulmanos; croatas: católicos romanos; sérvios: cristãos ortodoxos). Os ________ e os ________ desejavam a independência, mas a maioria da população desses países era sérvia e rejeitava essa proposta, o que ocasionou um conflito violento. Apesar de não ter se envolvido diretamente nele, a Sérvia deu apoio aos sérvios da Bósnia-Herzegovina, que perseguiram a população não sérvia. O resultado foi mais de 200 mil pessoas mortas e mais de um milhão de refugiados. bósnios croatas sérvios iugoslávios.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia Em 1991, Croácia, Eslovênia e Macedônia declararam sua independência. Diferentemente da Macedônia, que conseguiu a independência de forma pacífica, Croácia e Eslovênia tiveram alguns conflitos com o governo da Iugoslávia. Porém, foi na ___________________, que havia proclamado a soberania em 1990 e iniciado em 1992 seu processo de independência, onde ocorreu uma violenta guerra civil entre os povos da região (bósnios: muçulmanos; croatas: católicos romanos; sérvios: cristãos ortodoxos). Os bósnios e os croatas desejavam a independência, mas a maioria da população desses países era sérvia e rejeitava essa proposta, o que ocasionou um conflito violento. Apesar de não ter se envolvido diretamente nele, a Sérvia deu apoio aos sérvios da Bósnia-Herzegovina, que perseguiram a população não sérvia. O resultado foi mais de 200 mil pessoas mortas e mais de um milhão de refugiados.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia O conflito na Bósnia-Herzegovina só foi controlado com a ajuda internacional e a ameaça de intervenção militar dos Estados Unidos. Assim, em 1995, foi assinado o Tratado de __________, que deu origem à República da Sérvia, governada por sérvios, com o apoio de Slobodan Milosevic, e à Federação da Bósnia, controlada por bósnios, croatas e muçulmanos. Posteriormente, em 1998, Milosevic perseguiu a população da província de Kosovo, com o objetivo de retomar o nacionalismo. Um ano depois, temendo que o conflito se estendesse e colocasse em risco a paz na Europa, as tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) atacaram a Iugoslávia. Depois de dois meses de bombardeio ao país, Milosevic rendeu-se e ordenou a retirada das tropas de Kosovo, que foi controlava por uma Força Internacional de Paz da ONU.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia O conflito na Bósnia-Herzegovina só foi controlado com a ajuda internacional e a ameaça de intervenção militar dos Estados Unidos. Assim, em 1995, foi assinado o Tratado de Dayton, que deu origem à República da Sérvia, governada por sérvios, com o apoio de Slobodan Milosevic, e à Federação da Bósnia, controlada por bósnios, croatas e muçulmanos. Posteriormente, em 1998, Milosevic perseguiu a população da província de ___________, com o objetivo de retomar o nacionalismo. Um ano depois, temendo que o conflito se estendesse e colocasse em risco a paz na Europa, as tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) atacaram a Iugoslávia. Depois de dois meses de bombardeio ao país, Milosevic rendeu-se e ordenou a retirada das tropas da região, que foi controlava por uma Força Internacional de Paz da ONU.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia No ano de 2001, Milosevic foi preso pelo Tribunal Penal Internacional de _______, onde foi julgado pelos crimes cometidos na região. Antes de ser sentenciado, Milosevic foi encontrado morto na prisão. Em 2003, a Iugoslávia passou a ser chamada de Sérvia e Montenegro, que em 2006 se separou em dois países. Em 2008, a província de Kosovo declarou sua independência em relação à Sérvia que não aceitou essa condição e reivindicou seu território. O último país a reconhecer Kosovo como independente foi Portugal, em 15 de fevereiro de 2018, juntamente com mais de 100 países. O Brasil ainda não reconheceu Kosovo como país.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia No ano de 2001, Milosevic foi preso pelo Tribunal Penal Internacional de Haia, onde foi julgado pelos crimes cometidos na região. Antes de ser sentenciado, Milosevic foi encontrado morto na prisão. Em 2003, a Iugoslávia passou a ser chamada de __________________, que em 2006 se separou em dois países. Em 2008, a província de Kosovo declarou sua independência em relação à Sérvia que não aceitou essa condição e reivindicou seu território. O último país a reconhecer Kosovo como independente foi Portugal, em 15 de fevereiro de 2018, juntamente com mais de 100 países. O Brasil ainda não reconheceu Kosovo como país.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Iugoslávia No ano de 2001, Milosevic foi preso pelo Tribunal Penal Internacional de Haia, onde foi julgado pelos crimes cometidos na região. Antes de ser sentenciado, Milosevic foi encontrado morto na prisão. Em 2003, a Iugoslávia passou a ser chamada de Sérvia e Montenegro, que em 2006 se separou em dois países. Em 2008, a província de Kosovo declarou sua independência em relação à Sérvia que não aceitou essa condição e reivindicou seu território. O último país a reconhecer Kosovo como independente foi ____________, em 15 de fevereiro de 2018, juntamente com mais de 100 países. O Brasil ainda não reconheceu Kosovo como país.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco A região ocupada pela população basca corresponde à porção sudoeste da França e à norte-nordeste da Espanha. Nessa área, predomina uma língua que não pertence a nenhum ramo linguístico europeu, o ____________, conhecido popularmente como língua basca.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco Essa região é formada pelas províncias espanholas de Biscaia, Alava, Navarra e Giupuzkoa, além das províncias francesas de Soule, Baixa Navarra e Labourd. Desde o fim do século XIX, a população basca desenvolve um movimento _____________ motivado pela especificidade de sua cultura e de sua língua.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco Durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), as divergências internas, em especial com o povo basco, motivaram o ataque alemão na região onde esse povo vivia. Tal região foi usada pelos nazistas como palco de treinamento para a Segunda Guerra Mundial. Com os bombardeios alemães, as áreas onde vivia o povo basco ficaram destruídas. Um dos símbolos desse ataque foi a cidade de ___________, uma das mais atingidas. O horror do bombardeio inspirou o pintor desenhista espanhol Pablo Picasso a pintar o quadro de mesmo nome da cidade, que retratou a violência dos ataques à região.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco No fim da guerra civil, o general _________________ assumiu o poder na Espanha e impôs duras restrições à região Basca, proibindo a população de expressar a cultura e falar a língua dessa região. Diante dessas restrições, surgiu em 1959 o Euskadi Ta Askatasuna (ETA), cujo significado é Pátria Basca e Liberdade. Essa organização nacionalista buscava a liberdade da região em relação a Madri. Para tanto, utilizava uma luta marcada pelo terrorismo, que se desencadeou em 1966.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco No fim da guerra civil, o general Francisco Franco assumiu o poder na Espanha e impôs duras restrições à região Basca, proibindo a população de expressar a cultura e falar a língua dessa região. Diante dessas restrições, surgiu em 1959 o Euskadi Ta Askatasuna (______), cujo significado é Pátria Basca e Liberdade. Essa organização nacionalista buscava a liberdade da região em relação a Madri. Para tanto, utilizava uma luta marcada pelo terrorismo, que se desencadeou em 1966.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco Com a morte de Francisco Franco, em 1975, a Espanha adotou a monarquia ____________, levando ao trono o rei Juan Carlos de Bourbon. A administração espanhola ficou a cargo do primeiro-ministro Adolfo Suárez. Eles realizaram mudanças na constituição do país, concedendo autonomia para as províncias de País Basco, Andaluzia e Catalunha. Além disso, ocorreu a legalização de partidos políticos, entre eles os da região basca. Essas mudanças trouxeram satisfação para grande parte da população basca, que deixou de apoiar a luta armada defendida pelo ETA. No decorrer da década de 1990, os partidos políticos que não tinham ligação com a luta armada começaram a isolar a ala mais militarizada do ETA. Assim, eles contribuíram para um cessar-fogo dessa organização no início do século XXI.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito basco Com a morte de Francisco Franco, em 1975, a Espanha adotou a monarquia parlamentarista, levando ao trono o rei Juan Carlos de Bourbon. A administração espanhola ficou a cargo do primeiro-ministro Adolfo Suárez. Eles realizaram mudanças na constituição do país, concedendo autonomia para as províncias de País Basco, Andaluzia e Catalunha. Além disso, ocorreu a legalização de partidos políticos, entre eles os da região basca. Essas mudanças trouxeram satisfação para grande parte da população basca, que deixou de apoiar a luta armada defendida pelo ETA. No decorrer da década de 1990, os partidos políticos que não tinham ligação com a luta armada começaram a isolar a ala mais militarizada do ETA. Assim, eles contribuíram para um _____________ dessa organização no início do século XXI.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Irlanda do Norte Para compreender o conflito dessa região localizada na porção noroeste da Europa, temos que entender seus aspectos históricos. Na Irlanda do Norte (Úlster), localizada na ilha da Irlanda, a maioria da população (cerca de 60%) é protestante. Já 97% da população da República da Irlanda (Eire) é católica. As diferenças ___________, principalmente entre católicos e protestantes, provocaram inúmeros conflitos na região. Quando a ilha foi administrada pelo rei Henrique VIII e, posteriormente, por Elizabeth I (sua filha), os católicos foram perseguidos e perderam alguns direitos, o que gerou revoltas, pois os católicos objetivavam formar um governo autônomo e expulsar os protestantes.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Irlanda do Norte Para compreender o conflito dessa região localizada na porção noroeste da Europa, temos que entender seus aspectos históricos. Na Irlanda do Norte (Úlster), localizada na ilha da Irlanda, a maioria da população (cerca de 60%) é protestante. Já 97% da população da República da Irlanda (Eire) é católica. As diferenças religiosas, principalmente entre católicos e protestantes, provocaram inúmeros conflitos na região. Quando a ilha foi administrada pelo rei Henrique VIII e, posteriormente, por Elizabeth I (sua filha), os católicos foram perseguidos e perderam alguns direitos, o que gerou revoltas, pois os católicos objetivavam formar um governo autônomo e expulsar os protestantes. Em 1801, a ilha foi incorporada ao Reino Unido e os católicos perderam o direito de participar do parlamento. Na primeira metade do século XX surgiram diversos conflitos tendo, como causa principal, a presença de __________ na ilha. Como a Inglaterra reprimiu duramente, o Exército Republicano Irlandês (IRA) foi formado, e passou a agir com significativa violência, buscando a libertação do domínio inglês.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Irlanda do Norte Para compreender o conflito dessa região localizada na porção noroeste da Europa, temos que entender seus aspectos históricos. Na Irlanda do Norte (Úlster), localizada na ilha da Irlanda, a maioria da população (cerca de 60%) é protestante. Já 97% da população da República da Irlanda (Eire) é católica. As diferenças religiosas, principalmente entre católicos e protestantes, provocaram inúmeros conflitos na região. Quando a ilha foi administrada pelo rei Henrique VIII e, posteriormente, por Elizabeth I (sua filha), os católicos foram perseguidos e perderam alguns direitos, o que gerou revoltas, pois os católicos objetivavam formar um governo autônomo e expulsar os protestantes. Em 1801, a ilha foi incorporada ao Reino Unido e os católicos perderam o direito de participar do parlamento. Na primeira metade do século XX surgiram diversos conflitos tendo, como causa principal, a presença de ingleses na ilha. Como a Inglaterra reprimiu duramente, o Exército Republicano Irlandês (______) foi formado, e passou a agir com significativa violência, buscando a libertação do domínio inglês.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Irlanda do Norte Diversos tratados foram assinados, mas sempre impondo a condição de que a ilha continuasse sob o domínio britânico. Em 1949, a Irlanda rompeu coma Inglaterra e se tornou independente, mas a Irlanda do Norte continuou sob a administração britânica. Os católicos continuaram a reivindicar seus direitos e, também, a reunificação da Irlanda, mas não foram atendidos. Entre os diversos conflitos, o ___________________ (Bloody Sunday), foi o mais marcante, com manifestantes católicos mortos por soldados ingleses, em 1972, o que fez com que o IRA iniciasse uma onda de atentados visando atingir cidadãos britânicos ilustres e membros do Partido Unionista.
Tensões e conflitos na Europa - Conflito na Irlanda do Norte Depois de longo período de confronto, representantes do governo inglês, do IRA e do Partido Unionista assinaram o acordo da ___________________ e, em 1999, depois de 27 anos de controle britânico, a Irlanda do Norte passou a ser governada por essa coalizão.
Tensões e conflitos na Europa - Separatismo da Catalunha A Catalunha é uma região da ___________ que reivindica sua independência há muito tempo. Diversos fatores contribuem para essa reivindicação, como desenvolvimento econômico, aspectos culturais e linguísticos.
Tensões e conflitos na Europa - Separatismo da Catalunha Desde que foi incorporada à Espanha, a Catalunha começou crescer economicamente, destacando-se do restante do país. Porém, durante o século XX, desenvolveu-se ainda mais, tornando-se a região mais _______ do território espanhol. Esse fato, ligado à crise econômica que ainda assola a Espanha, tem aumentado o sentimento separatista da região.
Tensões e conflitos na Europa - Separatismo da Catalunha Desde que foi incorporada à Espanha, a Catalunha começou crescer economicamente, destacando-se do restante do país. Porém, durante o século XX, desenvolveu-se ainda mais, tornando-se a região mais rica do território espanhol. Esse fato, ligado à crise econômica que ainda assola a Espanha, tem aumentado o sentimento ____________ da região.
Tensões e conflitos na Europa - Separatismo da Catalunha Em outubro de 2017, o governo da Catalunha realizou um referendo sobre a independência da região. Dos 42% dos eleitores que compareceram para votar, a maioria votou pela _____________, que não foi aceita pela Espanha. O governo espanhol destituiu o governo catalão recém-formado e marcou novas eleições para a região, a fim de enfraquecer o movimento.
Denunciar test Condiciones de uso
Usamos cookies para personalizar su experiencia. Si sigue navegando estará aceptando su uso. Más información.