SMRX 2019

INFORMACIÓN
ESTADÍSTICAS
RÉCORDS
Título del test:
SMRX 2019

Descripción:
Enfermagem

Autor:
AVATAR

Fecha de Creación:
09/08/2019

Categoría:
Ciencia
Sigue en facebook las noticias y los mejores tests de daypo apretando en 'Me gusta'
Últimos Comentarios
No hay ningún comentario sobre este test.
Temario:
A respeito da assistência no Pré-natal qual o número mínimo de consultas a serem realizadas? Mínimo de 2 consultas Mínimo de 4 consultas Mínimo de 6 consultas Mínimo de 8 consultas.
A respeito da assistência no Pré-natal a periodicidade das consultas a serem realizadas até a 28ª semama é: Semanal Mensal Quinzenal Semestral.
A respeito da assistência no Pré-natal a periodicidade das consultas a serem realizadas entre 28ª e 36ª semanas é: Semanal Quinzenal Mensal Trimestral.
A respeito da assistência no Pré-natal a periodicidade das consultas a serem realizadas entre 36 a 41ª semanas é: Semanal Quinzenal Mensal Trimestral.
Responda V para verdadeiro e F para falso : Em relação ao Pré -Natal aconselha-se a realização de, no mínimo, seis consultas de pré-natal, sendo, preferencialmente, uma no primeiro trimestre, duas no segundo trimestre e três no terceiro trimestre da gestação. V F.
É definido como o período do ciclo gravídico puerperal em que as modificações locais e sistêmicas, provocadas pela gravidez e parto no organismo da mulher, voltam à situação do estado pré-gravídico. O puerpério A gravidez A Menarca O Trabalho de parto.
Esse período inicia-se uma a duas horas após a dequitação, com término influenciado pelo tempo de amamentação ─ sendo, portanto, imprevisto. Puerpério Amamentação Loquios Gravidez.
Didaticamente, o puerpério é dividido em três períodos. O período de vai do 1° ao 10° dia chamamos de: Imediato Tardio Remoto Crítico.
Didaticamente, o puerpério é dividido em três períodos. O período de vai do 10º ao 42º dia chamamos de: Imediato Tardio Remoto Crítico.
Didaticamente, o puerpério é dividido em três períodos. O período que se inicia a partir do 43º dia chamamos de: Imediato Tardio Remoto Crítico.
Sistema que permite a assistência de enfermagem prestada à mulher e ao bebê seja, ao mesmo tempo, um momento de troca de informações com a mãe e seus familiares, sobre os cuidados com o recém-nascido e com ela própria e permite que o recém-nascido sadio, logo após o nascimento, permaneça ao lado da mãe 24 horas por dia, em um mesmo ambiente, até a alta hospitalar. Alojamento Conjunto Quarto Privativo Alojamento Compartilhado Quarto Compartilhado.
São cuidados ao receber mãe e bebê no Alojamento Conjunto: Preparar o leito da puérpera e do berço do recém-nascido (RN). Receber, acolher e acomodar a puérpera e o RN , conferindo pulseiras de identificação (nome, sexo e n° da pulseira) com o prontuário, a caderneta de Saúde da Criança e com a Declaração de Nascidos Vivos (DNV). Manter vigilância quanto ao tônus uterino e sangramento vaginal. Orientar e incentivar quanto ao aleitamento materno, avaliando risco para o desmame precoce. Instituir o processo de enfermagem, realizando exame físico clínico e gineco-obstétrico.
O puerpério é um momento importante, principalmente em relação às alterações de humor, com labilidade emocional que são comuns nesta fase. Em atenção ao estado emocional são condutas de enfermagem: Identificar e registrar alterações de humor e labilidade emocional; Identificar e registrar alterações de humor e labilidade emocional; Acolher as puérperas de óbito fetal e pós-abortamento preferencialmente em enfermarias sem recém-nascidos, avaliando a delicadeza deste momento e, sempre que possível, buscar com a mulher o melhor espaço para acomodá-la. Comunicar à equipe médica alterações dos sinais vitais.
Nas primeiras horas de pós-parto ocorre um aumento do volume circulante o que pode se traduzir pela presença de sopro sistólico de hiperfluxo. Seu padrão respiratório é restabelecido, passando o diafragma a exercer funções anteriormente limitadas pelo aumento de volume abdominal. A repeito da avaliação do sistema cardiovascular e respiratório, são condutas de enfermagem: Instituir prescrição de enfermagem individualizada para a verificação dos sinais vitais. Comunicar à equipe médica alterações dos sinais vitais. Identificar e registrar alterações de humor e labilidade emocional. Observar e registrar a involução uterina diariamente.
A puérpera pode ter um ligeiro aumento da temperatura axilar (36,8º - 37,9ºC) nas primeiras 24 horas, sem necessariamente ter um quadro infeccioso instalado. Tais alterações normalmente não constituem risco à saúde da mulher, mas exigem atenção para a infecção puerperal. São condutas de Enfermagem em relação ao Controle temperatura axilar (tax): Aferir e registrar temperatura axilar de acordo com prescrição de enfermagem. Se a temperatura axilar for maior que 38°C, solicitar avaliação médica. Auscultar ruídos hidroaéreos para avaliação de peristalse. Examinar períneo e genitais externos (sinais de infecção, presença de edema, lacerações etc.).
Depois do desprendimento da placenta e membranas, as contrações uterinas reduzem o tamanho do útero, de forma que ele pode ser palpado como uma massa globular, dura e localizada logo abaixo do umbigo. Em relação a avaliação da região abdominal, são condutas de enfermagem: Verificar a presença de globo de segurança de Pinard. Observar e registrar a involução uterina diariamente. Auscultar ruídos hidroaéreos para avaliação de peristalse. Observar e registrar presença de distensão abdominal. Fazer expressão manual de coágulos em caso de necessidade.
Após o parto, são encontrados edema, hiperemia vesical e relativa insensibilidade da bexiga. Neste último caso, há, inicialmente, diurese escassa, em razão da desidratação no trabalho de parto. São etapas da conduta de enfermagem na avaliação das vias urinárias: Observar e registrar as características da eliminação vesical Orientar a puérpera quanto à ingestão de líquidos (2l por dia). Orientar a puérpera quanto à dor e ardência ao urinar. Observar características do sangramento: odor, coloração e quantidade.
Com as modificações circulatórias no pós-parto, os estímulos ao movimento devem ser favorecidos e os membros inferiores devem ser avaliados diariamente. São etapas da conduta de enfermagem na avaliação dos membros inferiores: Estimular a deambulação precoce. Observar a presença de edemas, dor, hiperemia local. Elevar os membros inferiores em caso de edemas. Pesquisar sinais de trombose venosa profunda e sinais flogísticos.
Período que ocorre em torno de 48 a 72 horas após o parto, onde as mamas aumentam de tamanho e temperatura e tornam-se dolorosas. Dura em média três a quatro dias e, é onde a produção de leite tem início. Este período que marca a mudança do controle endócrino para o autócrino da lactação chamamos de: Apojadura Amamentação Lactação Loquiação.
São vantagens do aleitamento materno para a mulher: Facilita o estabelecimento do vínculo afetivo mãe-filho. Previne as complicações hemorrágicas no pós-parto. Contribui para o retorno mais rápido ao peso pré-gestacional. Regressão uterina ao seu tamanho normal.
São vantagens do aleitamento materno para a Criança: Facilita a eliminação de mecônio e diminui o risco de icterícia. Aumenta o laço afetivo mãe-filho. Diminui o absenteísmo dos pais ao trabalho. Protege contra infecções (especialmente diarréias e pneumonias).
A finalidade do curativo do coto umbilical é favorecer o processo de mumificação prevenindo infecções. Este curativo deve ser realizado: Pelo menos três vezes ao dia e/ou a cada troca de fralda e após o banho. Pelo menos três vezes ao dia e/ou a cada troca de fralda e nunca após o banho. Pelo menos duas vezes ao dia e/ou a cada troca de fralda e nunca após o banho. Pelo menos uma vez ao dia ou a cada troca de fralda e após o banho.
A verificação dos sinais vitais do recém-nascido tem como finalidade auxiliar na condução do tratamento, detectando eventuais alterações clínicas posto que, geralmente, a estabilidade clínica manifesta as condições de vitalidade do indivíduo. Marque a alternativa que contém os valores considerados normais nos sinais vitais dos recém-nascidos: Tax : 36,5 a 37ºC; FC: 100 a 160bpm; e FR: 30 a 60 irpm. Tax : 36,0 a 37ºC; FC: 100 a 160bpm; e FR: 30 a 60 irpm. Tax : 36,5 a 37ºC; FC 80 a 160bpm; e FR 30 a 60 irpm. Tax : 36,5 a 37ºC; FC 100 a 160bpm; e FR 21 a 40 irpm.
Tem como objetivo acompanhar o crescimento e desenvolvimento do RN , servindo como parâmetro para conduta medicamentosa e o diagnóstico de alterações fisiológicas. Toda equipe de enfermagem é responsável pelo procedimento que deve ser realizado diariamente até a alta. Controle do peso Perímetro Cefálico Estatura Perímetro Abdominal.
Com relação ao tipo de Lóquios, aquele que apresenta saída de sangue vermelho vivo geralmente até 4 dias pós parto, chamamos de: Lóquios sanguíneos ou sanguinolento ou rubra. Lóquios serosanguinolentos ou fusca. Lóquios serosos ou flava. Lóquios sanguíneos ou fusca.
Com relação ao tipo de Lóquios, aquele que apresenta saída de sangue com coloração mais róseo, geralmente do 5° ao 10° dia pós parto, chamamos de: Lóquios sanguíneos ou sanguinolento ou rubra. Lóquios serosanguinolentos ou fusca. Lóquios serosos ou flava. Lóquios serosos ou serosanguinolentos.
Com relação ao tipo de Lóquios, aquele que apresenta saída de sangue com coloração clara, geralmente do 10° dia em diante., chamamos de: Lóquios sanguíneos ou sanguinolento ou rubra Lóquios serosanguinolentos ou fusca Lóquios serosos ou flava Lóquios serosanguinolentos ou sanguinolento.
São fatores de risco para infecção puerperal: Trabalho de parto prolongado com bolsa amniótica rompida recentemente. Vários toques vaginais. Parto cesáreo. Falta de assistência pré-natal. Hipertermia em torno de 38° C.
De acordo com as definições, correlacione: Menor de um ano de idade. de um ano até antes do início da puberdade. criança alerta ou que apresenta resposta ao estímulo verbal e tátil criança que não apresenta resposta ao ser estimulada.
São formas de reconhecer uma Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho: Início súbito de angústia respiratória Tosse Restrição para falar Respiração ruidosa (estridor) Chiado.
Quanto a classificação da Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho, é aquela em que a vítima ainda consegue tossir e emitir alguns sons. Leve Moderada Grave Gravíssima .
Quanto a classificação da Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho, é aquela em que a vítima não consegue tossir ou emitir qualquer som. Leve Moderada Grave Gravíssima.
Qual Manobra de desobstrução das VAS é utilizada na obstrução grave na criança responsiva? Manobra de Heimlich Manobra de Leopold Manobra de Salvamento Manobra de Safar.
São sinais da puberdade masculina: Semenarca Telarca Menarca Aumento do tamanho dos testículos Alteração na voz.
Qual a conduta para OVACE grave em criança responsiva? Manobra de Heimlich Manobra de Hautech Manobra de Jorranson Manobra de Heimlich modificada.
Quais são os sinais clínicos de OVACE grave em bebê responsivo? Início súbito de dificuldade respiratória Choro fraco e silencioso Tosse silenciosa ou inafetiva Sinais de heimlich.
Quais são procedimentos adotados em OVACE grave em bebê não responsivo? Checar responsividade Checar respiração (Gasping) Pedir ajuda Iniciar RCP (Começando pelas compressões) Realizar ciclos de 5 golpes no dorso e 5 compressões torácicas.
Quais são os traumas pediátricos mais comuns? Crânio-encefalico Torácico Abdominal.
Como deve proceder a avaliação neurológica da criança vítima de TCE? Através da Escala de Coma de Glasgow Através da Escala de Coma de Glasgow modificada Através da Escala de Apgar Através da Escala da dor.
O crescimento e desenvolvimento da criança é influenciado por diversos fatores, extrínsecos e intrínsecos, marque as alternativas que constam os fatores intrínsecos! Endócrinos Genéticos Maturação óssea Nutrição Higiene corporal Condições socioeconômicas e culturais Meio ambiente Condições físico-afetivas.
Qual a medida mais importante para avaliação do crescimento da criança e do seu estado nutricional? Peso Estatura Perímetro Abdominal Perímetro Cefálico.
Qual é a medida mais fiel do crescimento de uma criança? Estatura Peso Perímetro Cefálico Perímetro Torácico.
Qual mensuração tem por objetivo detectar se há alguma anomalia cerebral? Perímetro Cefálico Perímetro Torácico Perímetro Abdominal Peso.
Caso seja observado que o bebê está com a fontanela deprimida/afundada, isto indica que o bebê está: Está desidratado Com estatura abaixo do esperado Está acima do peso Está com hidrocefalia.
Qual mensuração do bebê se faz necessária para investigar possíveis anomalias no desenvolvimento corporal? Perímetro Cefálico Perímetro Torácico Perímetro Abdominal Estatura.
São sinais da puberdade feminina: Telarca Pubarca Menarca Semenarca.
Sobre as fontes do trauma em crianças, correlacione! 1 a 12 meses 1 a 3 anos 4 a 12 anos.
Correlacione! Crescimento Desenvolvimento.
Faça a relação da variação entre Perímetro Cefálico (PC) e Perímetro Torácico (PT)! Até 6 meses De 7 a 9 meses De 10 a 12 meses.
Com relação as características do desenvolvimento da criança, correlacione! 1 mês 2 meses 4 meses 6 meses 9 meses.
Com relação as características do desenvolvimento da criança, correlacione! 2 a 3 anos 2 anos 1 ano e 6 meses 1 ano.
Com relação as características do desenvolvimento da criança, correlacione! Coordenação visual e motora quase igual a dos adultos.// Apresenta independência em relação a família.// Pergunta sobre tudo a sua volta.// Muito interesse pelo mundo fora do lar.//.
Qual a principal causa de obstrução de vias aéreas superiores em lactentes/bebês de até 1 ano e qual a principal causa de obstrução de vias aéreas superiores em crianças? Normalmente ocasionado por líquidos. Pedaços de alimentos. Brinquedos. Pequenas peças e objetos.
Quando a gestante recebe alta do pré-natal?.
Quantas consultas para a mãe se faz necessária no período puerperal, e até quando deve ocorrer? No mínimo uma consulta, que deve ocorrer até o 20° dia pós-parto. No mínimo duas consultas, que devem ocorrer até o 10° e 30° dia pós-parto. No mínimo uma consulta, que devem ocorrer até o 10° dia pós-parto. No mínimo duas consultas, que devem ocorrer até o 10° dia pós-parto.
Qual a importância do rede cegonha? Evita a peregrinação da gestante em trabalho de parto. Oferece um direcionamento adequado à assistência pré-natal, parto e puerperio.
Como é possível saber a Idade Gestacional (IG)? Através da Data da Última Menstruação (DUM) Por meio de Ultrassonografia (USG) Através de exames de sangue.
Com quantas semanas de IG já é possível detectar o sexo do feto por meio de ultrassonografia? 18 17 16 15.
Não há necessidade de realizar ultrassonografia no primeiro trimestre de gestação, exceto? Para confirmar a idade gestacional Para confirmar o sexo do feto Para detectar possíveis anomalias Para detectar malformações congênitas.
Quais informações devem ser prestadas à gestante no primeiro atendimento? Como o bebê se desenvolve Orientações nutricionais Exercícios físicos, inclusive exercícios pélvicos Maternidade de referência Amamentação Direitos e benefícios legais Preencher passaporte do rede cegonha e cartão pré-natal.
Quantas vezes e qual período (preferencialmente) a gestante deve passar por consulta odontológica ou atividade em grupo sobre saúde bucal? Ao menos uma vez, de preferência no segundo trimestre Ao menos duas vezes, sendo uma no primeiro e outra no segundo trimestre Ao menos uma vez, de preferência no terceiro trimestre Ao menos três vez, uma em cada trimestre.
No momento da confirmação da gestação, quais testes devem ser oferecidos à gestante? Teste rápido para HIV Teste rápido para sífilis Teste rápido para hepatite B e C.
Como é chamado o atendimento após o nascimento? De puerperio De puericultura De pericultura De pós-gravídico.
O que deve ser feito antes de realizar os cuidados imediatos ao RN? Ligar incubadora e berço aquecido Testar e deixar prontos para uso os demais materiais Identificar o RN Colocar o RN em contato com a mãe.
São os cuidados que devem ser prestados ao RN nas primeiras duas horas de vida, por pessoal treinado, de preferência médico ou enfermeiro capacitado a realizar reanimação: Clampeamento do cordão umbilical Manutenção da temperatura corporal Verificar se vias aéreas superiores estão permeáveis Avaliar vitalidade na escala de APGAR Identificar o RN Colocar o RN em contato com a mãe Administração de Vitamina K Administração de Vacina contra Hepatite B Credeização Higiene corporal.
Ofertar uma maior quantidade de sangue oxigenado vindo da placenta, dando mais tempo para o RN se adaptar a respirar com os próprios pulmões e diminuição do índice de anemia entre os 2 e 3 meses de vida, são vantagens obtidas com qual procedimento? Clampeamento tardio do cordão umbilical Clampeamento imediato do cordão umbilical Curativo do coto umbilical.
São os casos em que há indicação para o corte imediato do cordão umbilical: Mão portadora do vírus HIV Presença de líquido amniótico meconial RN deprimido Prevenir anemia entre os 2 e 3 meses de vida.
Sobre o clampeamento umbilical, correlacione: 4 cm 8 cm.
São procedimentos necessários para manter a temperatura do RN em torno de 36,5°C: Receber o RN em campo estéril aquecido Secá-lo com pano limpo e seco, trocar o campo molhado por outro seco Colocar touca para evitar perda de calor na região das fontanelas RN com menos de 29 semanas de IG, deverá ser colocado filme plástico poroso e transparente.
Evitar aspiração de secreções que podem provocar dificuldade respiratória e pneumonia é o objetivo de qual cuidado imediato ao RN? Irritabilidade reflexa ao cateter nasal Desobstrução de vias aéreas superiores Exturbação orotraqueal Cânula nasofaríngea.
Em quais minutos de vida devem ocorrer a avaliação da vitalidade do RN pela escala de APGAR? 1° minuto 5° minuto 3° minuto 2° minuto.
Caso a nota da avaliação na escala de APGAR permaneça baixa nas duas primeira avaliações, em que minuto de vida o RN deverá ser reavaliado? 10° minuto 15° minuto 20° minuto 8° minuto.
São os aspectos avaliados na escala de APGAR: FC FR Tônus muscular Irritabilidade reflexa ao cateter nasal Cor da pele.
Quais são as notas obtidas para cada aspecto avaliado na escala de APGAR? FC Respiração Tônus muscular Irritabilidade reflexa ao cateter nasal Cor da pele.
De acordo com a nota obtida na escala de APGAR, como pode ser classificado o RN? 0 - 3 Asfixia grave 4 - 6 Asfixia moderada 7 - 10 Boa vitalidade 0 - 2 Asfixia grave 3 - 6 Asfixia moderada.
Qual o cuidado imediato ao RN estimula o início precoce de aleitamento materno e possibilita o vínculo mãe-filho? Colocar o RN em contato com mãe Identificação do RN Avaliação da vitalidade Clampeamento do cordão Verificação das vias aéreas.
São os cuidados com o RN, que podem ser realizados no berçário e no AC: Imediatos Mediatos Remotos.
Qual o cuidado mediato ao RN, tem o objetivo de prevenir doenças hemorrágicas? Administração de Vit. K Administração de vacina contra Hepatite B Realização do banho Credeização.
São os procedimentos corretos na administração de Vit. K: Via IM Via SC Aplicar no vasto lateral ou reto-femural Aplicar no tríceps Membro inferior esquerdo Membro inferior direito 1 mg no RN a termo 0,5 mg no RN pré-termo.
Qual a dosagem e local correto para administrar a vacina contra hepatite B? 0,5 ml no vasto lateral ou reto femural do MID até 12h após o nascimento 0,5 ml no vasto lateral ou reto femural do MIE até 12h após o nascimento 1 ml no vasto lateral ou reto femural do MID até 12h após o nascimento 1 ml no vasto lateral ou reto femural do MIE até 12h após o nascimento 0,5 ml no tríceps direito até 12h após o nascimento.
Como se chama o procedimento que faz parte dos cuidados mediatos ao RN em que se instila 2 gotas de nitrato de prata 1% no saco conjuntival? Credeização Apojadura Flambagem Adrenarca.
Quando deverá ser realizado o primeiro banho do RN? Após a estabilização dos sinais vitais, inclusive para RNs de mães portadoras de HIV Após a estabilização dos sinais vitais, exceto para RNs de mães portadoras de HIV ou banhados em mecônio Após a estabilização dos sinais vitais, inclusive para RNs banhados em mecônio Após a estabilização dos sinais vitais, inclusive para RNs de mães portadoras de HIV e exceto para RNs de mães portadoras de HIV.
A cada consulta pré-natal, deve ser avaliado: Queixas Pressão arterial BCF Risco gestacional Altura uterina Peso Exames solicitados.
São fatores de risco gestacional que podem ser manejados pela atenção primária de saúde (APS): Idade <15 ou >35 anos Estatura <1,45m Condições socioeconômicas desfavoráveis Baixa escolaridade Situação familiar/conjugal insegura Hipertireoidismo Diabetes Anemia carencial Pré-eclâmpsia Uso de drogas.
São sinais e sintomas da infecção puerperal: TAx > 38°C Presença de secreção purulenta e fétida Dor e ardor ao urinar Alterações no lóquios Atonia uterina.
A aferição da glicemia periférica no RN, que tem por finalidade verificar casos de hiper ou hipoglicemia, deve ser realizada no centro do calcanhar. V F.
Como se divide o período neonatal? Precoce (0 - 6 dias) Tardio (7 - 27 dias) Imediato (0 - 6 dias) Remoto (7 - 27 dias).
É o período que compreende dos 28 dias até 1 ano de vida do bebê. Neonatal precoce Neonatal tardio Neonatal remoto Pós natal.
São cuidados de enfermagem ao RN na UTI Neo: Aferir sinais vitais Realizar higiene corporal Realizar higiene do coto umbilical Verificar HGT Manter permeabilidade de vias aéreas superiores Efetuar proteção ocular para tratamento com fototerapia.
São dispositivos existentes na UTI Neo. Incubadora Monitor cardíaco Ventilador mecânico Eletrodos Bomba infusora.
Os RNs prematuros ou pré termos são aqueles com IG < 37 semanas, como são classificadas os níveis de prematuridade? Prematuridade extrema Prematuridade moderada Prematuridade limítrofe.
São fatores de risco para partos prematuros. Ausência de assistência pré natal Gravidez na adolescência Condição socioeconômica desfavorável Baixo nível de escolaridade Gestação gemelar História de parto prematuro Desnutrição Vários toques vaginais.
Qual a maior causa de morbimortalidade dos RNs? Ausência de pré natal Prematuridade Gestação gemelar Histórico de parto prematuro.
Quais são as sequelas tardias causadas pela prematuridade? Retardo no crescimento Disfunções auditivas e visuais Doença pulmonar crônica Paralisia cerebral.
Em que parcela da sociedade é maior a incidência de parto prematuros?.
Qual cuidado essencial ao RN prematuro?.
São condições necessárias para que o RN prematuro receba alta. Se alimentar por via oral de forma satisfatória. Manter temperatura corporal em berço comum. Não apresentar qualquer intercorrência.
A _________ participa dos cuidado ao RN de alto risco com o objetivo de beneficiá-lo na UTI Neo, prevenindo e tratando doenças respiratórias, proporcionando um melhor desenvolvimento global do neonato. Fisioterapia Anestesia Enfermagem Medicina.
Por que o RN prematuro pode sofrer complicações, tanto respiratória, quanto neurológica no período pré, peri e pós natal?.
Qual fator aumenta o nível de estresse do neonato em UTI Neo?.
O posicionamento terapêutico tem como objetivo, promover padrões de movimentos mais maduros, como melhora do estado neurocomportamental, proporcionando suporte neurocomportamental, proporcionando suporte postural e de desenvolvimento para facilitar as experiências sensório-motoras normais e otimizar o desenvolvimento musculoesquelético e o alinhamento biomecânico. Sendo assim, correlacione! Prono Lateral Supina.
É um modelo de assistência perinatal, voltado para a melhoria da qualidade do cuidado. Método canguru Rede cegonha Banho humanizado Rede cegonha carioca.
Reduzir o tempo de afastamento entre mãe e RN; Aumentar o nível de aleitamento materno; Contribuir para um controle térmico adequado. São objetivos do: Método canguru Rede cegonha Rede cegonha carioca Assistência pré natal.
São os cuidados imediatos que devem ser prestados ao RN logo após o nascimento: Clampeamento do cordão umbilical Manutenção da temperatura Verificar vias aéreas superiores Avaliar vitalidade na escala de APGAR Identificar o RN Colocar a mãe em contato com a mãe.
As medidas antropométricas são verificadas logo após o nascimento, qual local onde é verificado? PC PT PA.
Segundo a política de humanização, no processo de nascimento, o que a equipe de saúde deve priorizar?.
Sobre prematuridade, são fatores de risco relacionados a este evento. Ausência de assistência pré natal Condições socioeconômicas desfavoráveis Baixa escolaridade Gestação na adolescência Situação familiar/conjugal segura.
É aquele em que a temperatura é ideal para pele e corpo do RN, e que as técnicas empregadas faz com que o bebê tenha sensações que o façam lembrar do período em que estava na barriga da mãe. Banho humanizado Parto humanizado Alojamento conjunto Avaliação da vitalidade.
Sobre os tipos de ALEITAMENTO materno, correlacione! Aleitamento materno exclusivo Aleitamento materno predominante Aleitamento materno Aleitamento materno complementado Aleitamento materno misto ou parcial.
Qual a finalidade de verificar os sinais vitais do RN? Auxiliar na condução do tratamento. Avaliar o estado geral do RN. Avaliar a vitalidade. Auxiliar o anestesista.
Sobre os tipos de LEITE, correlacione! Colostro De transição Maduro.
É um corrimento uterino que é eliminado pela vagina durante o puerpério. Lóquios Colostro Apojadura Líquor.
Segundo abordado em sala de aula, qual a maior causa de parto prematuro? Infecção urinária Infecção puerperal Uso de drogas Ausência de pré natal.
São fatores de risco gestacionais que devem ser manejados pela APS. Tuberculose Anemia Infecção urinária Anemia carencial com Hb menor que 8 g/dL.
No primeiro contato com qualquer profissional de saúde, deve-se orientar a iniciar a suplementação com ácido fólico 5mg: 1x ao dia 60 a 90 dias antes da concepção Manter até 12a semana gestacional 360 dias antes da concepção.
Esclarecer que não há evidências que relacionem diretamente a realização rotineira de USG com melhores desfechos perinatais. O ultrassom de primeiro trimestre só é necessário em casos de incerteza sobre a idade gestacional. Se for realizado USGpara detecção do sexo fetal, este deve ser solicitado a partir da 18ª semana. Para mulheres em que a placenta se estende através do orifício cervical interno (Placenta prévia), oferecer nova USG.
Os traumas causados por acidentes em veículos motorizados e ferimentos por armas são mais comuns em: Infante Infante (1-12 meses) 1ª infância (1-3 anos) Pré-escolar (4-12 anos) Adolescente (13 - 18 anos).
São traumas em crianças que indicam sempre intervenção cirúrgica: Fratura com afundamento Fratura aberta Hemorragias epidurais Hemorragias subdurais.
Até os três anos de idade, a ação do meio ambiente no crescimento e desenvolvimento é predominante, mas depois dessa idade os fatores __________ influenciam progressivamente e com crescente nitidez. Genéticos Endócrinos De maturação óssea.
A relação peso/idade pode ser classificada como: Acima do percentil 97 Entre 97 e 3 Entre 10 e 3 Entre 3 e 0,1 Abaixo de 0,1.
Características do RN PREMATURO: MENINAS MENINOS MENINO/MENINA.
O que favorece um aumento do estresse do RN em UTI-Neo?.
Um RNPT com IG < 32 semanas tem: Maior probabilidade de complicações Menor probabilidade de complicações Tanto faz Tanto fez, tanto faz.
São alterações músculo-esqueléticas no RNPT: Hipotonia global Flexão plantar com eversão dos pés Hiperextensão cervical e de tronco Retração escapular com elevação de ombros.
O endométrio inicia sua recuperação a partir do ___ pós parto e mais tardiamente em mulheres que não amamentam. 24° 25° 42° 11°.
É a eliminação de secreções uterinas e vaginais, sangue e revestimento uterino durante o puerpério. Lóquios Infecção puerperal Infecção urinária Apojadura.
Denunciar test Condiciones de uso
Usamos cookies para personalizar su experiencia. Si sigue navegando estará aceptando su uso. Más información.